RSS Twitter Contato

Minha Conta:

Esqueceu a senha?

Médico conta detalhes da cirurgia no tornozelo de Wallyson, que passa bem

Infografia do Superesportes mostra as estruturas recuperadas

Bruno Furtado - Superesportes

(0) Comentários | Comentar | Votação

Publicação:

08/08/2011 19:49

 

Atualização:

08/08/2011 19:55

Infografia de Soraia Piva/Superesportes
Imagem mostra estruturas do tornozelo de Wallyson recuperadas (infografia de Soraia Piva)


O atacante Wallyson, do Cruzeiro, foi submetido a uma cirurgia nesta segunda-feira, no Hospital Life Center, em Belo Horizonte, para corrigir uma fratura na fíbula (maléolo lateral) e nos ligamentos deltóide e sindesmose do tornozelo esquerdo. O jogador se contundiu no primeiro tempo da partida de domingo, contra o Internacional, em Porto Alegre, pelo Campeonato Brasileiro.

De acordo com o médico Alexandre Cassini de Oliveira, responsável pela cirurgia, Wallyson passa bem e terá uma recuperação plena. “Foi tudo tranquilo e ele terá toda possibilidade de recuperação porque foi muito bem operado, graças a Deus. Ele teve a fratura do tornozelo, com lesão nos ligamentos deltóide e sindesmose. Basicamente, ele quebrou o maléolo lateral (parte inferior da fíbula). A fíbula cicatrizando numa posição correta, como está colocada agora, e o ligamento cicatrizando, ele não terá problema nenhum”.

O médico viu o lance em que Wallyson se contundiu e explicou o que causou a fratura. “É um trauma de alta energia. Analisando o lance em que ele machucou, ele travou a perna no chão e o peso do corpo dele foi todo para o local. Imagina um atleta desse, com a explosão muscular que ele tem, com a velocidade que ele tem, e a sobrecarga em cima da articulação travada no chão. Por isso ele teve a fratura”.

Quatro parafusos foram usados na cirurgia para estabilizar a fíbula. Segundo Alexandre Cassini de Oliveira, apenas o maior deles deve ser retirado ao longo da reabilitação de Wallyson.

”Agora temos que esperar cicatrizar as partes moles do tornozelo, porque o trauma foi de alta energia. Depois, temos que retirar os pontos e iniciar a reabilitação com fisioterapia dentro de duas ou três semanas. O prazo total é de mais ou menos quatro meses para a recuperação. Mas o importante é que a cirurgia correu muito bem”, disse o médico ao Superesportes. (UAI)

Comentar notícia

Verificando informações

Esta matéria tem:

(0) comentário(s)

Não existem comentários ainda


Blog do torcedor

Blogs e Colunas