RSS Twitter Contato

Minha Conta:

Esqueceu a senha?
  • (0) Comentários
  • Votação:

Todo o cuidado com os pendurados

Com o clássico do dia 8 já na mira, celestes e alvinegros se preocupam com o risco do terceiro cartão amarelo de alguns de seus destaques nos jogos do fim de semana

Paulo Galvão - Estado de Minas

Roger Dias - Estado de Minas

Publicação:

27/03/2012 12:16

Atlético e Cruzeiro jogam no fim de semana fora de casa pela nona rodada do Campeonato Mineiro – contra Uberaba e Boa, respectivamente. Mas o principal clássico do estado, em 8 de abril, na Arena do Jacaré, já ocupa corações e mentes dos arquirrivais. A partida deve definir quem terminará a primeira fase em primeiro lugar e levará para as semifinais e finais a vantagem de dois empates ou vitória e derrota pela mesma diferença de gols. Hoje, o Galo é o líder, três pontos à frente da Raposa, com o mesmo saldo (16) e um gol a mais (21 a 20), sendo superado na defesa (cinco a quatro).

Se os dois confirmarem o favoritismo no Triângulo e no Sul de Minas, o alvinegro jogará pelo empate no domingo de Páscoa e chegará à última rodada dependendo de mais uma igualdade, com o Tupi, em Juiz de Fora, para assegurar a liderança. A Raposa também só depende de si para assumir o primeiro lugar, mas terá de vencer o clássico e o último jogo, contra o Uberaba, em Sete Lagoas.

O momento positivo de ambos no Estadual abrirá espaço para um jogo de emoções. O alvinegro é o único com 100% de aproveitamento (oito vitórias), enquanto o celeste perdeu a primeira – contra o Guarani (1 a 0), diante da torcida –, mas, em seguida, se recuperou e não desperdiçou pontos nas rodadas seguintes.

Os próprios comandantes dos tradicionais rivais não hesitam em falar sobre confronto, ainda que a ordem seja manter a concentração nos jogos no interior. “Vamos pensar em um jogo de cada vez. Será um grande clássico diante do Cruzeiro, mas precisamos de bom resultado contra o Uberaba, já que manter essa sequência de vitórias é importante”, diz o atleticano Cuca. “É o jogo que todos esperam, que movimenta Minas Gerais, sabemos que hoje as duas equipes vivem excelente momento e este jogo vai decidir quem vai chegar à frente e levar a vantagem às semifinais”, declara o cruzeirense Vágner Mancini.

PENDURADOS O assunto é tratado com cuidado, mas existe até mesmo a possibilidade de os jogadores pendurados serem instruídos a “maneirar” nos compromissos do fim de semana. Pelo lado alvinegro, estão com dois cartões amarelos o zagueiro Réver e o armador Mancini. Por outro lado, o atacante Neto Berola, fundamental na vitória por 3 a 0 sobre o Democrata-GV, em casa, na qual marcou dois gols, estará à disposição da equipe, pois cumprirá suspensão automática contra o Uberaba. Já no lado celeste, correm risco de ficar fora do clássico o lateral-esquerdo Diego Renan, advertido cinco vezes neste Mineiro, e o armador Montillo, cérebro do time, que recebeu o segundo amarelo na vitória por 2 a 1 sobre o América.

Comentar notícia

Verificando informações

Esta matéria tem:

(0) comentário(s)

Não existem comentários ainda


Blog do torcedor

Blogs e Colunas