Presidente do Flamengo tenta acalmar a torcida e desiste de Ganso

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 10/09/2012 19:40

Três derrotas seguidas no Campeonato Brasileiro (para Internacional, Ponte Preta e Coritiba) acenderam a luz vermelha no Flamengo. Sob forte pressão, a presidente do clube, Patrícia Amorim, tentou nesta segunda-feira acalmar a torcida, mas terminou o dia abatida, depois que a diretoria chegou a um consenso de que não haveria condições de contratar Paulo Henrique Ganso.

À condição física do meia santista somou-se uma consulta ao Conselho Fiscal do Flamengo, do qual Patrícia Amorim ouviu que não seria possível usar o dinheiro antecipado dos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro para a transação. Para núcleos de oposição à presidente, ela alimentava um "factóide", pois o clube não teria como obter recursos para trazer o jogador

À espera de uma reação do time em campo, a dirigente pretende manter o foco na possibilidade de uma contratação de peso. Outros nomes podem ser especulados na Gávea. Se o Flamengo deixar a série de derrotas e voltar a vencer, a estratégia da diretoria pode mudar.

Enquanto isso, o técnico Dorival Júnior treina a equipe para enfrentar o Santos, nesta quarta, na Vila Belmiro, jogo em que o adversário deverá contar com Neymar. Ele tem várias dúvidas na escalação e um temor que não esconde de ninguém: evitar a quarta derrota consecutiva, o que pode deixar sua situação insustentável no Flamengo.