RSS Twitter Contato

Minha Conta:

Esqueceu a senha?
  • (0) Comentários
  • Votação:

Federer pensa em volta ao topo da ATP até o Aberto dos Estados Unidos

Ex-número 1 do mundo traça meta para voltar ao topo do ranking

Gazeta Press

Publicação:

26/02/2012 17:43

 

Atualização:

26/02/2012 17:50

AFP PHOTO
Roger Federer participou de evento em Dubai ao lado de Novak Djokovic
Ídolo do tênis, Roger Federer não desistiu de voltar a ocupar o posto de número um do mundo. O tenista suíço revelou, neste domingo, que tentará retornar ao topo da ATP e traçou como meta alcançar esse objetivo até o Aberto dos Estados Unidos.

"Voltar ao número um é um objetivo a longo prazo. Mas não é algo que eu gostaria de falar diariamente. Mas acho que é possível se eu jogar bem entre agora e o Aberto dos Estados Unidos", comentou Federer, que está concentrado nos Emirados Árabes Unidos, onde disputa o ATP 500 de Dubai. "Estou numa boa sequência e espero continuar assim. É uma temporada difícil a partir de agora", acrescentou.

A liderança no ranking da ATP pode significar também a quebra de mais um recorde por parte do tenista suíço, mas isso parece não importar para Roger Federer. Caso o número três complete mais uma semana como melhor do mundo, irá superar Pete Sampras, com 286 semanas na posição mais desejada entre os tenistas profissionais.

"Seria bom ter o recorde, mas minha vida está bem sem ele", ressaltou Federer. "Pete é meu amigo, não preciso quebrar todos os recordes dele. Se eu fizer tudo certo, terei recompensas. Se não, tudo bem", completou o tenista, mostrando pouca importância com os números.

Além de voltar ser número um, Federer busca a conquista do 17º Grand Slam na carreira e estabelece prioridades para a temporada 2012, dentre elas os Jogos Olímpicos. "Claro que um Slam é uma prioridade, mas não é tudo ou eu não estaria em Dubai. Eu jogo 20 torneios por ano, não quatro. Há muitas prioridades, a Olimpíada é uma das maiores. Se um Slam vier até mim, ficarei contente. Estou trabalhando bastante e tomando as decisões certas. Espero ganhar mais um".

Roger Federer não credita o longo tempo sem vencer um Slam a uma má fase. "O fato de não estar vencendo Slam é mais por oportunidades perdidas do que eu estar jogando mal. Tive derrotas muito duras que me negaram títulos", explicou.

O suíço se prepara para disputa ATP 250 de Dubai, competição em que enfrentará o francês Michael Llodra na rodada de estreia. "É uma partida difícil, ele está jogando bem", encerrou o terceiro colocado na lista da ATP.

Comentar notícia

Verificando informações

Esta matéria tem:

(0) comentário(s)

Não existem comentários ainda


Blogs e Colunas