Minha Conta:

Esqueceu a senha?
  • (0) Comentários
  • Votação:

Vôlei Futuro x Minas reserva duelos individuais em quadra na Superliga

Além dos experientes levantadores Ricardinho e Marcelinho, atacantes prometem boa disputa à parte no confronto desta sexta-feira, em Araçatuba

Vicente Ribeiro - Superesportes

Publicação:

23/02/2012 20:27

 

Atualização:

23/02/2012 23:28

Alexandre Guzanshe/EM/DAPress
Filip, do Minas, e Lorena (6), do Vôlei Futuro, terão um duelo à parte nesta sexta-feira

O confronto entre Vôlei Futuro e Minas, nesta sexta-feira, às 21h, no Plácido Rocha, em Araçatuba, pela Superliga Masculina, será marcado por duelos interessantes em quadra. Além de reunir equipes que brigam para fechar a primeira fase nas primeiras posições, a partida, que já é um clássico do vôlei brasileiro, reservará boas disputas individuais.

Vôlei Futuro e Minas prometem um jogo equilibrado e, ao mesmo tempo recheado de confrontos na rede. A partida terá o encontro dos principais pontuadores da competição, o oposto Lorena, da equipe paulista, primeiro na lista (321 acertos) e Filip Rejlek, do time mineiro, segundo colocado com 296 bolas vencedoras.

Outro duelo que promete bons lances na partida é entre os dois atacantes mais eficientes. O primeiro é o cubano Camejo, do Vôlei Futuro, com 44,41% de aproveitamento. O segundo da lista é o minas-tenista Lucarelli, com rendimento de 44,02%. No ataque, a situação é inversa e os mineiros estão em vantagem: 38,05% de acerto contra 38,03% do clube de Araçatuba.

Os bons números do Minas chamam a atenção do adversário. O técnico Cezar Douglas alertou para a força ofensiva da equipe mineira. “Além da consistência no ataque, eles melhoraram muito na recepção. O Filip tem se destacado, mas não só ele. O grupo todo do Minas está bem. Temos que ser eficientes no saque, na defesa e no bloqueio, além de tentarmos trabalhar com a primeira bola para fugir da marcação de bloqueio deles”, recomendou.

Experiência

Além dos ataques, os responsáveis pelo passe mais importante, o levantamento, também terão uma disputa à parte nesta sexta-feira: os experientes Ricardinho, do Vôlei Futuro, e Marcelinho, do Minas, ambos com passagens pela Seleção Brasileira. No duelo do turno, o minas-tenista levou a melhor e viu o time sair vitorioso por 3 a 1.

Para o técnico do Minas, Marcelo Fronckowiak, são dois jogadores que podem contribuir decisivamente para a vitória de uma das equipes. “Os levantadores são experientes e fazem a diferença. Marcelinho e Ricardinho são de nível mundial e isso muda qualquer partida”, avaliou o comandante.

Comentar notícia

Verificando informações

Esta matéria tem:

(0) comentário(s)

Não existem comentários ainda


Blogs e Colunas