RSS Twitter Contato

Minha Conta:

Esqueceu a senha?
  • (0) Comentários
  • Votação:

Barrichello lembra F-1 e nega frustração por resultado em treino

Gazeta Press

| Tags: celular 

Publicação:

29/04/2012 09:14

Depois de uma temporada frustrante na Williams em 2011, Rubens Barrichello acertou com a KV, equipe de médio porte na Fórmula Indy. Ainda em busca de resultados expressivos na categoria norte-americana, ele lembra sua passagem pela Fórmula 1 e nega a frustração pelo 13ª lugar no grid de largada para a etapa de São Paulo do campeonato.

“Na Fórmula 1, largar em 13º era decepcionante, porque eu estava no bolo e não tinha chance de melhora. Precisava ficar lutando para chegar entre os 10 primeiros com um carro não competitivo. Quanto ao fato de largar em 13º na Indy, não tem o que fazer”, declarou Barrichello, que conseguiu a melhor posição desde que chegou à categoria norte-americana.

Sétimo colocado em sua bateria no Anhembi, o brasileiro ficou muito perto de avançar para a segunda etapa do treino classificatório realizado neste sábado. Ainda em adaptação à Indy, Barrichello lembrou que terminou perto de seus companheiros, o compatriota Tony Kanaan (12º) e o venezuelano Ernesto Viso (14º).

“Fiquei a centésimos do Tony, que conhece a pista e está mandando bem, andando forte. Foi bom ficar perto dos companheiros, porque isso mostra que, além do meu aprendizado, o carro está um pouco limitado também. Tenho apenas 40 voltas e ainda estou conhecendo a pista, sofrendo com a falta de experiência”, declarou.

Depois de passar 19 temporadas na Fórmula 1, Barrichello admite que vem encontrando mais dificuldade do que esperava no período de transição à Indy. A falta de sensibilidade no volante, o desconhecimento dos circuitos e dos pneus são os principais obstáculos enfrentados pelo brasileiro.

Ele gostou da pista de rua armada na região do Anhembi para a etapa de São Paulo e ficou impressionado com o tamanho da Reta da Marginal. “Sempre sonhei andar na Marginal em alta velocidade, mas ela é longa demais”, observou o piloto, que ainda sugeriu um recapeamento para corrigir as ondulações na Avenida Olavo Fontoura.

Em São Paulo, os treinos livres começaram apenas no sábado, e não na sexta-feira, como Barrichello está acostumado. Com um dia a menos para conhecer o percurso, o brasileiro espera que sua sorte comece a mudar a partir do warm-up, marcado para as 8h30 (de Brasília) de domingo.

“Com certeza, tudo que tenho hoje não é tudo que terei amanhã. Você dorme, acorda e pode fazer um warm-up melhor. Muita gente fala que a previsão para amanhã é de chuva, outros falam que vai estar nublado ou com sol. Vamos ver e tentar fazer algumas mudanças para sentir o carro melhor”, declarou.

Atual líder do campeonato e ganhador das duas etapas anteriores da etapa de São Paulo da Fórmula Indy, o australiano Will Power conseguiu a pole position para a prova, marcada para as 12h30. Hélio Castroneves parte na 20ª colocação, seguido pela compatriota Bia Figueiredo.

Comentar notícia

Verificando informações

Esta matéria tem:

(0) comentário(s)

Não existem comentários ainda


Blogs e Colunas