Você está em MG

Reforço?

Sérgio Guedes indica Pablo Escobar e comenta sobre atletas dispensados

Técnico do Sport citou o jogador boliviano, que atua no The Strongest-BOL, como possível reforço para o ataque do Leão, bastante criticado nas finais do estadual

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 15/05/2013 20:11 / atualizado em 15/05/2013 20:45

Brenno Costa /Diario de Pernambuco , Maurício Penedo

O ataque é o setor mais criticado do Sport. Sabendo disso, a direção do clube busca novos jogadores para reforçar o elenco. O atacante Nunes será apresentado sexta-feria e já é nome certo para disputar a posição com Roger, que se recupera de lesão. Em entrevista, o técnico Sérgio Guedes comentou a respeito de outro atleta, indicado por ele, para somar ao elenco: o boliviano Pablo Escobar.

O jogador de 34 anos, que atua no The Strongest, da Bolívia, e que disputou a última Copa Libertadores, é visto como um “homem de confiança” do técnico leonino. As negociações com o atleta ainda estão em andamento. Mas, caso seja concretizada, o treinador garante que dará certo.

“Eu não sei porque o nome de Pablo vazou. Se voltar ao Brasil, ele vem para o Sport. Ele é ídolo do clube que joga. O presidente de lá briga com todo mundo para que ele fique e se aposente por lá. Se ele vier para o Sport, vem com um contrato de risco, produtividade, até o final da competição. Confio muito nele. Acho que a idade não será problema. Ele é o dono do time do The Strongest. É o líder. Ele vai ajudar, tenho certeza”, frisou.

Além de Escobar, Sérgio Guedes fez uma análise a respeito do tipo de jogador que o Sport está procurando para completar seu elenco para a Série B do Campeonato Brasileiro. Segundo o treinador, o espírito do jogador em questão será fundamental. “Não são jogadores que virão porque precisa ter elenco. Para jogar acesso, é preciso ser altamente competitivo e intenso. Mas esse clube não aceita só trombada. A torcida do Sport queria o regional e quer o acesso. Vamos procurar fazer com que isso aconteça agora”, finalizou.

Saídas

Sobre os jogadores que não fazem mais parte dos planos do clube para o restante da temporada, Sérgio Guedes fez um apanhado das situações de Cicinho, Rodriguinho e Felipe Menezes.

Cicinho

“O que achava disse a ele, que tinha uma posição fixa sobre seu futuro aqui. É tempo de contrato e valor. Houve uma avaliação de custo-benefício”.

Sobre Felipe Menezes e Rodriguinho o técnico frisou que Felipe Menezes foi uma questão de desempenho técnico. Já Rodriguinho foi o fato de várias lesões terem acompanhado o atleta nos últimos meses.