RSS Twitter Contato

Minha Conta:

Esqueceu a senha?
  • (0) Comentários
  • Votação:

Copa do Mundo

Pela Copa das Confederações, Arena Pernambuco terá 5 mil funcionários

A ampliação do quadro é a principal medida para acelerar a conclusão das obras

Tiago Cisneiros - Superesportes

| Tags: celular 

Publicação:

27/04/2012 16:57

 

Atualização:

28/04/2012 09:26

O discurso é de confiança e tranquilidade, mas as atitudes evidenciam uma preocupação com os prazos. O governo de Pernambuco voltou a afirmar, no início da tarde desta sexta-feira, que a arena de São Lourenço da Mata está no caminho certo para receber a Copa das Confederações, em junho de 2013. Mas, para concluir as obras em fevereiro (prazo máximo dado pela Fifa), anunciou que, até novembro, o quadro de funcionários será ampliado dos atuais 3.050 para 5 mil. Um número de quatro a cinco vezes maior do que os 1,2 mil anunciados em 2009, antes do início da construção.

Leia comentário no blog de Cássio Zirpoli

Quando anunciou o último aumento do quadro, o governo do estado declarou que as obras não poderiam comportar mais do que 3 mil funcionários. Mas, segundo o secretário executivo da Copa do Mundo da Prefeitura do Recife, Amir Schvartz, o novo reforço não irá "inchar" a arena. "Hoje, existem algumas atividades que só são feitas em um dos dois turnos. Estes trabalhadores vão entrar, justamente, para realizá-las no período em que ainda não existem", explicou, em coletiva.

O secretário extraordinário da Copa do Mundo em Pernambuco, Ricardo Leitão, informou que 40% das obras foram concluídos e que, até junho, o índice deve chegar a 50%. Com o prazo de fevereiro de 2013 para sediar a Copa das Confederações, ele admitiu que o governo e o consórcio responsável pela arena estão trabalhando no limite.

Mesmo assim, se disse confiante em trazer três jogos da Copa das Confederações ao estado. Comentou, inclusive, recente afirmação do jornalista Lauro Jardim, na revista Veja, de que Pernambuco estaria preparando uma "saída honrosa" ao torneio. "O que preparamos aqui foi uma entrada. Não vi a nota dele, mas já estou contestando. Tanto que Lauro está convidado para assistir ao primeiro jogo da Copa das Confederações aqui", afirmou, em tom bem humorado.

O otimismo não esteve tão forte nos discursos dos representantes da Fifa e do Comitê Organizador Local (COL) da Copa do Mundo de 2014. Ambos elogiaram os esforços do governo e das empresas envolvidas com a Arena Pernambuco, mas não deram pistas sobre a possibilidade de o estado receber a Copa das Confederações.

O diretor do escritório da Fifa no Brasil, Fúlvio Danilas, disse que, na visita desta sexta-feira, a equipe técnica pôde ver "o andamento dasobras e o comprometimento das autoridades e da construtora", assim como o "esforço muito grande para apresentar cronogramas e medidas" que façam com que o estádio seja entregue em fevereiro de 2013, prazo estabelecido para a Copa das Confederações. Segundo ele, Pernambuco e Bahia estão recebendo mais atenção das equipes técnicas da Fifa e do COL, por serem os únicos candidatos que ainda não foram confirmados como sedes do torneio.

O discurso do diretor de operações do COL, Ricardo Trade, também elogiou a dedicação das empresas e governos, mas não apontou prognósticos. "A grande meta é confirmar o estado como sede, mas isso não depende de nós. As equipes técnicas vão produzir relatórios e a Fifa anunciará a decisão até o fim do junho", declarou.

Se der errado... - O anúncio definitivo das sedes da Copa das Confederações será feito em junho, pela Fifa. Segundo Leitão, caso Pernambuco não esteja na lista, não haveria aumento do quadro de funcionários. "Não teria necessidade de ampliar, já que o prazo para concluir as obras seria maior."

Comentar notícia

Verificando informações

Esta matéria tem:

(0) comentário(s)

Não existem comentários ainda


Blogs e Colunas