RSS Twitter Contato

Minha Conta:

Esqueceu a senha?
  • (0) Comentários
  • Votação:

Conheça a Vila Olímpica dos Bombeiros, escolhida pela Fifa como um dos centros de treinamento do DF

Thiago Rizerio - Correio Braziliense

| Tags: celular 

Publicação:

15/02/2013 10:22

Ronaldo de Oliveira/CB/D.A Press
Centro de treinamento dos bombeiros está indicado no catálogo da Fifa para 2014
 

A cada Copa do Mundo, a Fifa monta um catálogo com Centros de Treinamento de Seleções (CTs) para facilitar a hospedagem de cada elenco dos países classificados. Cada local oferece um hotel de nível internacional — com fácil acesso a um aeroporto — e um ponto para trabalho físico e tático no país sede. Na última semana, a entidade acrescentou 16 CTs ao guia e chegou a 70, no total. Com opções em todas as regiões do país, as equipes candidatas a uma vaga no Mundial conhecerão a lista completa em novembro, quando a Fifa divulgará o documento com as indicações finais.

Em Brasília, os locais escolhidos são o hotel Manhattan Plaza, no Setor Hoteleiro Norte, e a Vila Olímpica Corpo de Bombeiros, no Setor Policial Sul. Distantes 9km uma da outra — o percurso do hotel à vila leva, em média, 20 minutos —, as duas áreas receberam visitas e passaram por vistorias e inspeções de técnicos da Fifa. Embora nenhum dos responsáveis esteja autorizado a falar sobre os critérios da escolha, aparecer na segunda versão do catálogo confeccionado pela Fifa é um bom sinal.

A Vila Olímpica do Corpo de Bombeiros chama a atenção, principalmente, pela conservação. O centro foi inaugurado em julho de 2012 e conta com instalações novas. Além do campo de futebol — principal item para ser o local de treinamento —, a vila dos bombeiros tem nas instalações uma piscina olímpica e uma de 25m, academia, ginásio e um centro clínico.

Além de membros da Fifa, integrantes de delegações visitaram a Vila dos Bombeiros. Sem especificar quantas e quais vistoriaram o local, o tenente-coronel Valdir luiz Ferrari Júnior, um dos responsáveis pela conservação do espaço, contou que as instalações agradaram aos visitantes. “Alguns vieram e gostaram, se interessaram, mas ainda não puderam dizer se vão treinar aqui”, contou. O militar garante que quem utilizar o espaço será muito bem-vindo e a presença de uma seleção será motivo de orgulho para a corporação. “Vai virar uma referência nacional e internacional”, acredita. No entanto, ele fala por todos quanto à preferência do hóspede. “A gente gostaria que viesse a nossa Seleção, mas se não for o Brasil, tudo bem também”, completa.

Ao contrário do Corpo de Bombeiros, a equipe do hotel Manhattan Plaza preferiu não comentar sobre a possibilidade de estar na versão final do catálogo da Fifa. Segundo a assessoria de comunicação, a opção é apenas um cumprimento de contrato com a entidade. Sem entrar em detalhes sobre negociação ou critérios que a levaram a ser incluída na segunda versão do catálogo — a primeira foi divulgada no ano passado —, a empresa comunicou apenas que já trabalha com as altas exigências de mercado, e que, caso esteja entre as escolhidas pelas seleções do Mundial, terá de reservar parte dos 175 apartamentos disponíveis para uso exclusivo de profissionais envolvidos com a Copa.

Leia mais na edição desta sexta-feira do Correio Braziliense

Comentar notícia

Verificando informações

Esta matéria tem:

(0) comentário(s)

Não existem comentários ainda


Blogs e Colunas