RSS Twitter Contato

Minha Conta:

Esqueceu a senha?

Brasiliense passa pelo Águia e aguarda o Ceará na Copa do Brasil

Da redação do Super Esportes DF - Correio Braziliense

(3) Comentários | Comentar | Votação | Tags:  

Publicação:

02/03/2011 23:04

 

Atualização:

03/03/2011 00:12

Se a Copa do Brasil for um sonho de consumo de Reinaldo Gueldini e seus atletas, o resultado de hoje agradou. Se o foco da temporada se trata da reabilitação no Campeonato Brasileiro, na passagem amarga pela Série C, ainda melhor. Afinal, o Brasiliense superou hoje o Águia de Marabá por 2 a 0, nesta quarta-feira (2/3) no Serejão, avança na Copa do Brasil com a certeza de que pode repetir a vitória na Terceirona caso precise.
Marcelo Ferreira/CB/D.A Press
Lance da partida do Brasiliense, pela Copa do Brasil, nesta quarta-feira

Com o resultado, porém, o Jacaré terá pela frente um rival de primeira: o Ceará, que passou pelo Cuiabá-MT sem nem mesmo precisar do segundo jogo (2 a 0 na casa do adversário). A primeira partida será no Serejão, e a volta (caso haja), terá o Castelão como cenário.

O jogo

Desde o início do confronto de volta, os anfitriões apostaram no artilheiro que marcou na ida e nos últimos jogos pelo Candangão. Rômulo era o alvo principal dos cruzamentos que buscavam a área, e mesmo das bolas que sobravam nas proximidades do gol. A primeira oportunidade saiu dos pés dele, logo aos 4 minutos, quando ele quase chutou da pequena área, mas Inácio chegou antes na bola.

Só que, curiosamente, o gol da etapa inicial sequer passou pelos pés do camisa 9 amarelo, hoje com camisa branca. Num contra-ataque rápido, de passes ágeis, Ferrugem lançou Ruy de primeira, com maestria. O lateral de cabeça grande teve espaço e ângulo perfeitos, de modo que só precisou arrematar para as redes, aos 16 minutos: 1 a 0.

Depois disso, pouca criatividade por parte dos meias de ambas as equipes. O Brasiliense, ao menos, dominava a posse de bola para administrar o resultado positivo, e por vezes achava em erros defensivos do adversário alguma chance de ampliar, como a que Ruy perdeu aos 41 minutos.

O Águia, por sua vez, só contava com contragolpes puxados pelo atacante Marcelo Dias, e nenhum incomodou o goleiro Gilson. Só um chute de longe de Alan Kardec, já no finzinho, o obrigou a trabalhar.

Na volta dos vestiários, ainda era o Jacaré quem cercava a defesa dos paraenses. Contudo, nem Rômulo, nem Bebeto e nem os meias conseguiam finalizações que assustassem Inácio. Conforme a partida se arrastava, os comandados de Reinaldo Gueldini decidiram optar por uma tática mais conservadora.

Por volta dos 15 minutos do segundo tempo, resolveram entregar a pelota para o Águia, enquanto marcavam com pressão na intermediária. Sem criatividade, os visitantes não passavam ao ataque, enquanto que na defesa ofereciam espaços para os contragolpes, como no cruzamento de William que Moacri quase escorou para às redes, aos 24.

A nova estratégia funcionou até melhor para as ações ofensivas do Brasiliense, pois aproveitavam as falhas dos zagueiros do Águia para armar mais oportunidades. E no pior erro cometido pelo goleiro Inácio, Rômulo recebeu a bola e a passou no mesmo instante para Adrianinho, com o lado esquerdo livre. Tal qual Ruy, ele só precisou chutar e correr para o abraço: 2 a 0, aos 30, placar final.

FICHA TÉCNICA - BRASILIENSE X ÁGUIA-PA

Brasiliense: Gilson; Raphael, Deda e Moacri; Ruy, Coquinho (Patrick), Ferrugem, Adrianinho (Fabiano Gadelha) e Cicinho (William); Bebeto e Rômulo.
Técnico: Reinaldo Gueldini

Águia-PA: Inácio; Roberto, Flávio (Torrô) e Charles; Ley, Rairo (Bergue), Alan Kardec (Sinósio), Élson e Fabrício; Patrick e Marcelo Dias.
Técnico: João Galvão

Árbitro:
Eduardo Tomaz de Aquino (GO)
Público: 1.917 pagantes
Renda: R$ 4.579

Compartilhe

| Mais

Comentar notícia

Verificando informações

Esta matéria tem:

(3) comentário(s)

Autor:

Silvio Soares


Concordo com você Elias, esses idiotas com esse tal de celson não merece um til de crédito, se você acha que o Brasiliense não tem torcida, muda lá pra são paulo ou rio, aí você poderá curtir a "galera", concordo também no q vc disse! apenas o Brasiliense disputa competição importante, o resto é b.
Autor:

Elias Junior


Ótimo público para uma quarta-feira chuvosa contra um time do interior paraense e com transmissão ao vivo Globo..Muuito mais q no Bezerrão no último fim de semana com preliminar Zico Cia e ingressos mesmo preço..Parabéns Brasiliense e Formosa - os Lideres de público do DF..O resto é lenda e teoria.
Autor:

Celson Pereira


1900 pessoas para um jogo de copa do Brasil isso pq tinha ingresso de 1 real!!!! Que vergonha, heim torcida do Brasiliense. uma torcida dessa num tem moral pra falar de ninguem, nem do Dom Pedro.

Blogs e Colunas