Cruzeiro

CRUZEIRO

Cruzeiro lança campanha de conscientização e pede fim de vandalismo e violência no Mineirão

Clube divulgou vídeos nas redes sociais na tarde desta terça-feira

postado em 12/02/2020 17:39 / atualizado em 12/02/2020 18:23

(Foto: Reprodução/Twitter)

Com mensagem gravada pelo meia Maurício, um dos xodós da torcida, o Cruzeiro lançou, nesta quarta-feira, por meio das redes sociais, uma campanha de conscientização pelo fim de violência e vandalismo no Mineirão. “Cuidar bem da nossa casa é cuidar bem da nossa história”, diz o texto.

“O ano de 2019 ficou manchado em nossa história. Muitas coisas desagradáveis aconteceram. Entre elas, não conseguimos nem cuidar bem da nossa casa. Vimos com frequência coisas que não combinam com nossa trajetória. Mas estamos aqui para virar essa página e escrever uma nova história. Chega de violência! Chega de vandalismo! O Mineirão sempre foi palco de grandes conquistas e momentos felizes. E assim continuará sendo! Vamos dar exemplo. Cuidar bem da nossa casa é cuidar bem da nossa história”, destaca a mensagem.

Em 2019, o Mineirão foi palco de cenas de guerra nas arquibancadas em mais de uma oportunidade. A primeira delas foi no clássico diante do Atlético, em novembro, quando torcedores da equipe alvinegra invadiram camarotes do estádio após serem provocados pelos cruzeirenses.

No fim daquele mês, outro episódio ganhou os noticiários. Durante a partida entre Cruzeiro e CSA, torcedores atiraram sinalizadores no campoe voltaram a brigar nas arquibancadas. O jogo chegou a ser paralisado por alguns minutos. Por fim, já em dezembro, no revés por 2 a 0 para o Palmeiras, que marcou o rebaixamento à Série B, novas ocorrências foram registradas.

Pelos episódios, o Cruzeiro já acumula perda de sete mandos de campo - algumas sentenças ainda cabem recursos. As sanções serão cumpridas na Série B. A Confederação Brasileira de Futebol ainda definirá se as partidas acontecerão no Mineirão ou no interior.