Basquete

NBA

Armador Markelle Fultz, do 76'ers, é diagnosticado com síndrome rara no ombro

Markelle Fultz foi a primeira escolha geral do Draft de 2017

postado em 04/12/2018 22:14 / atualizado em 04/12/2018 22:25

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Drew Hallowell/Getty Images/AFP
 O armador do Philadelphia 76’ers, Markelle Fultz, foi diagnosticado com a Síndrome do Desfiladeiro Torácico. De acordo com o agente do atleta, Raymond Brothers, a lesão no ombro afeta a amplitude dos movimentos, atrapalhando o arremesso.

Há algum tempo, Markelle Fultz modificou o estilo do seu arremesso. Não se sabe se por causa das dores no ombro ou por orientação técnica.
 

A Síndrome do Desfiladeiro Torácico, que é considerada rara, afeta o desfiladeiro torácico, espaço entre a clavícula e a primeira costela. As causas incluem traumas, lesões repetitivas e defeitos anatômicos, e têm como sintomas dor nos ombros e pescoço, além de dormência, fraqueza e frieza nos dedos. O tratamento envolve fisioterapia e, em alguns casos, a cirurgia pode ser necessária para aliviar a compressão.

Desde que chegou à NBA, Fultz vem sofrendo com a lesão no ombro. O problema clínico o deixou de fora de várias partidas em seu ano de estreia na liga. Na atual temporada, o jogador atuou em 19 partidas e chegou a fazer parte do quinteto titular de Philadelphia, mas acabou indo para o banco posteriormente. 

Pelas fortes dores no ombro, o atleta se afastou das quadras para se consultar com vários especialistas e obter um diagnóstico. Os Sixers afirmam que o jogador está fora de combate por tempo indeterminado, mas há otimismo de que ele possa retornar em um período entre três e seis semanas.

Tags: nba