Mais Esportes

NFL

Janeiro chegou! Veja o guia dos Playoffs da NFL, que têm início neste sábado

Através deste guia, você saberá tudo sobre os playoffs da NFL

postado em 05/01/2019 06:30 / atualizado em 04/01/2019 19:28

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

RONALD MARTINEZ/AFP
A temporada regular da National Football League (NFL), a liga de futebol americano profissional dos EUA, chegou ao fim. Agora, apenas 12 times continuam na batalha para chegar ao Super Bowl LIII. Através deste guia, você saberá tudo sobre os playoffs da NFL, o mata-mata do esporte mais popular dos Estados Unidos.

Classificação

A NFL conta com 32 franquias divididas igualmente em duas conferências: a Conferência Nacional (NFC) e a Conferência Americana (AFC). Em cada conferência existem quatro divisões (Norte, Sul, Leste e Oeste) com quatro times. Os vencedores das divisões tem as suas vagas garantidas nos playoffs.

Outras duas vagas são destinadas aos times de melhor campanha que não venceram suas divisões, os chamados “WildCards”. Portanto, a NFC leva seis times à pós-temporada, e a AFC, mais seis. 

Antes de definir os confrontos de mata-mata, há um ranqueamento dos times dentro de suas conferências: os vencedores de divisão são ordenados de #1 a #4 de acordo com suas campanhas. Vale lembrar que, mesmo que um time de WildCard tenha uma campanha superior a um vencedor de divisão, essa equipe sempre estará como número #5 ou #6 do ranking, de acordo com seu retrospecto na temporada regular.

NFC

#1 New Orleans Saints (13-3): segundo título da divisão Sul em sequência, é a primeira vez desde 2010-11 que o time vai a pós-temporada por dois anos seguidos. Os Saints, além de contar com uma defesa fortíssima, tem um ataque bem competente, com o quarterback rew Brees, candidato a melhor jogador da temporada, o running back Alvin Kamara e o wide receiver Michael Thomas;

#2 Los Angeles Rams (13-3): campeão da divisão Oeste pelo segundo ano consecutivo, os Rams não foram aos playoffs entre 2004 e 2016. Vale ficar de olho no running back Todd Gurley, líder da NFL em touchdowns, e no quarterback Jared Goff. Na defesa, atenção no defensive tackle Aaron Donald, líder da liga em sacks, e nos cornerbacks Aquib Talib e Marcus Peters; 

#3 Chicago Bears (12-4): campeão da divisão Norte pela primeira vez desde 2010, último ano em que avançou aos playoffs. Com uma das defesas mais fortes da NFL, os Bears tem em seu elenco um dos melhores defensores da liga, o linebacker Khalil Mack, além do cornerback Kyle Fuller, líder em interceptações da temporada (7). No ataque, os principais jogadores são o quarterback Mitchell Trubisky e a dupla de running backs Jordan Howard e Tarik Cohen;

#4 Dallas Cowboys (10-6): campeão da divisão Leste pela 20ª vez em sua história, os Cowboys tem uma boa defesa, com a dupla de linebackers Leighton Vander Esch e Jaylon Smith, e um ataque dinâmico, principalmente com quarterback Dak Prescott e o running back Ezekiel Elliott, líder da NFL em jardas terrestres;

#5 Seattle Seahawks (10-6): quinta aparição dos Seahawks nos playoffs nos últimos seis anos, ficando de fora apenas em 2017; vai a pós-temporada como WildCard pela primeira vez desde 2015. Os holofotes ficam com o quarterback Russell Wilson, no wide receiver Doug Baldwin, além do comitê de running backs formado por Chris Carson, Mike Davis e Rashaad Penny. A defesa é liderada pelo linebacker Bobby
Wagner;

#6 Philadelphia Eagles (9-7): segundo ano consecutivo dos Eagles indo a pós-temporada, desta vez via WildCard. Os atuais campeões do Super Bowl estão novamente sem o seu quarterback titular, Carson Wentz, mas o MVP do Super Bowl LII, Nick Foles, estará em campo para substituí-lo mais uma vez. Para ajudá-lo, a equipe da Philadelphia conta com o tight end Zach Ertz e o wide receiver Alshon Jeffery.

AFC

#1 Kansas City Chiefs (12-4): terceiro título da divisão Oeste em sequência, é o quarto ano seguido dos Chiefs indo a pós-temporada. Melhor ataque da temporada com médias de 35,6 pontos por jogo, o time conta com o quarterback Patrick Mahomes, candidato a MVP da temporada e líder da NFL em passes para touchdown (50). Outros destaques são o tight end Trevis Kelce e o wide receiver Tyreek Hill;

#2 New England Patriots (11-5): décimo título consecutivo da divisão Leste para os Patriots. O quarterback Tom Brady, o running back calouro Sony Michel e o tight end Rob Gronkowski, além do técnico Bill Belichick, são os principais destaques da equipe de Boston;

#3 Houston Texans (11-5): quinto título da divisão Sul desde que o time entrou na NFL, em 2002. Olho no quarterback Deshaun Watson e no wide receiver DeAndre Hopkins. Na defesa, os destaques ficam com o defensive end J.J. Watt e o linebacker Jadeveon Clowney;

#4 Baltimore Ravens (10-6): primeiro título da divisão Norte desde 2012, ano em que venceram o Super Bowl, os Ravens voltam aos playoffs após três anos longe da pós-temporada. Melhor defesa da NFL em jardas cedidas por jogo (284,1) graças aos linebackers C.J. Mosley e Terrell Suggs, e os defensive backs Marlon Humprey e Eric Weddle. No ataque, a atenção fica com o quarterback calouro Lamar Jackson, que elevou de patamar o jogo terrestre da equipe;

#5 Los Angeles Chargers (12-4): avançando como WildCard, os Chargers voltam aos playoffs pela primeira vez desde 2013, quando ainda eram o San Diego Chargers. Destaques para o quarterback Philip Rivers, o running back Melvin Gordon e o wide receiver Keenan Allen, além dos defensive ends Joey Bosa e Melvin Ingram, e do safety Darwin James;

#6 Indianapolis Colts (10-6): com a vaga de WildCard, os Colts voltam a pós-temporada depois de três anos. Os destaques ficam com o quarterback
Andrew Luck, o wide receiver T.Y. Hilton e o linebacker calouro Darius Leonard, líder da liga em tackles, além do kicker veterano Adam Vinatieri, de 46 anos, recordista de todos os tempos da NFL em pontos marcados e field goals certos.

Playoffs

Divulgação/NFL
Através do ranqueamento, duas situações são definidas: o descanso na primeira rodada e o mando de campo. Os times #1 e #2, das duas conferências, folgam na primeira rodada dos playoffs, uma espécie de prêmio pela boa campanha. Com relação aos mandos de campo, a equipe
de melhor ranking sempre sediará a partida.

Na primeira semana, a chamada “WildCard Weekend” (Repescagem), ocorrem os confrontos das campanhas #3 contras as #6, e as #4 contra #5. Os times de ranking #3 e #4 mandam os jogos em seus estádios. O “Divisional Playoffs” (Jogos de Divisão), a semana dois da pós-temporada, conta com as equipes que descansaram na primeira rodada. Os vencedores da primeira semana enfrentam as equipes que vieram da folga. Ou seja, a campanha #1 enfrenta a equipe vencedora da rodada anterior com ranking mais baixo, enquanto a campanha #2 recebe o outro classificado. 

Na última semana, acontece o “Conference Championships”, as Finais de Conferência. Os dois vencedores da segunda rodada se enfrentam na casa do melhor ranqueado, valendo uma vaga no “Super Bowl”.

Confrontos

Wild Card Weekend:

Sábado, 5 de Janeiro

19h35 - HOU x IND

23h15 - DAL x SEA

Domingo, 6 de Janeiro

16h05 - BAL x LAC

19h40 - CHI x PHI

Divisional Round:

Sábado, 12 de Janeiro

19h35 - KC x menor ranking AFC

23h15 - LAR x maior ranking NFC

Domingo, 13 de Janeiro

16h05 - NE x maior ranking AFC

23h15 - NO x menor ranking NFC

*Todos os jogos serão transmitidos pela ESPN

(Únicas partidas dos playoffs com horários já definidos até a publicação desta matéria)

Super Bowl

Super Bowl é o nome dado a final da NFL e é considerado o maior evento esportivo dos Estados Unidos, com médias superiores a 100 milhões de telespectadores no país. A partida é o encontro do vencedor da Conferência Nacional com o campeão da Conferência Americana, valendo o troféu Vince Lombardi. Ao final do jogo, o melhor jogador da partida recebe o prêmio de MVP (Most Valuable Player) do Super Bowl. 

Diferentemente das outras rodadas dos playoffs, o jogo é sediado em um estádio pré-definido, com anos de antecedência. Nesta temporada, a 53ª edição da final está marcada para o dia 3 de fevereiro, em Atlanta, Georgia. 

Palco

Divulgação/Mercedes-Benz Stadium
Pela terceira vez Atlanta recebe a decisão. Em 1994 e 2000, o Georgia Dome, estádio do Atlanta Falcons entre 1992 e 2016, foi a sede da grande final da NFL. Em 2019, o Mercedes-Benz Stadium é o palco do Super Bowl LIII. Casa dos Falcons e do Atlanta United FC, da MLS, custou US$ 1,6 bilhões de dólares e tem capacidade para 72.035 espectadores. Foi inaugurado em 26 de agosto de 2017, em jogo da pré-temporada da NFL entre Atlanta Falcons e Arizona Cardinals.

Show do Intervalo

Divulgação/Maroon 5; Divulgação/Travis Scott
O “Super Bowl Halftime Show”, ou “Show do Intervalo do Super Bowl”, em português, é um momento muito esperado pelos fãs e representa um marco para a carreira de vários artistas. Grandes ícones da música tiveram a oportunidade de tocar no intervalo da final, como Michael Jackson, Paul McCartney, U2, Rolling Stones, Red Hot Chili Peppers, Lady Gaga, Beyoncé e outros. As atrações do Super Bowl LIII serão a banda estadunidense Maroon 5 e o rapper norte-americano Travis Scott.

Campeões

6 - Pittsburgh Steelers: 1975, 1976, 1979, 1980, 2006 e 2009

5 - San Francisco 49ers: 1982, 1985, 1989, 1990 e 1995

Dallas Cowboys: 1972, 1978, 1993, 1994 e 1996

New England Patriots: 2002, 2004, 2005, 2015 e 2017

4 - Green Bay Packers: 1967, 1968, 1997 e 2011

New York Giants: 1987, 1991, 2008 e 2012

3 - Los Angeles/Oakland Raiders: 1977, 1981 e 1984

Washington Redskins: 1983, 1988 e 1992

Denver Broncos: 1998, 1999 e 2016

2 - Miami Dolphins: 1973 e 1974

Baltimore/Indianapolis Colts: 1971 e 2007

Baltimore Ravens: 2001 e 2013

1 - New York Jets: 1969

Kansas City Chiefs: 1970

Chicago Bears: 1986

Los Angeles/St. Louis Rams: 2000

Tampa Bay Buccaneers: 2003

New Orleans Saints: 2010

Seattle Seahawks: 2014

Philadelphia Eagles: 2018

Tags: maisesportes nfl