Vôlei

SUPERLIGA

Minas e Praia Clube em quadra pela liderança da Superliga Feminina de Vôlei

Times mineiros disputam partidas adiadas na competição nacional

postado em 08/01/2019 11:30 / atualizado em 08/01/2019 11:40

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Edesio Ferreira/EM/D.A Press
Único invicto na Superliga Feminina de Vôlei, depois de vencer o clássico mineiro contra o Praia por 3 a 2, sexta-feira, em Uberlândia, o Minas volta a jogar nesta terça-feira, às 19h30 (SporTV2), contra o Fluminense, no Ginásio da Hebraica. O time do Triângulo entrará em quadra também às 19h30, enfrentando o Sesi-SP, no Ginásio Panela de Pressão, em Bauru. As partidas são adiadas da quinta rodada do turno, quando os dois times estavam disputando o Campeonato Mundial, na China.

Com um jogo a menos que o Praia, o Minas é o segundo colocado na competição com 22 pontos, dois a menos que o Praia, que venceu oito vezes e perdeu uma, enquanto o MTC tem o mesmo número de vitórias. Por isso, o pensamento da equipe da capital é vencer hoje, fazendo três pontos, e depois ganhar o jogo que falta, contra o Barueri, que será disputado no dia 15, pelo mesmo placar, o que daria a liderança ao time minas-tenista, o que não acontece desde 1995.

O adversário do Minas está na quinta colocação, com apenas 16 pontos, empatado com Sesc-RJ e Curitiba. A central Carol Gattaz espera um jogo difícil: “O Fluminense é um time que tem jogadoras experientes e precisa vencer para tentar continuar sonhando com as primeiras posições. Será uma partida tão dura quanto a que tivemos em Uberlândia, mas espero que tenhamos a mesma sorte e saiamos com a vitória, que é importante para alcançarmos nosso objetivo, que é a liderança da Superliga.”

A jogadora chama a atenção para o ponto forte do Fluminense. “Enfrentar o bloqueio delas, com a Lara e a Letícia Hage, será uma dificuldade a mais. São jogadoras de qualidade e vão exigir muito da gente”, diz. Lara é a melhor bloqueadora da Superliga.

PRAIA Líder da competição, o Praia, também não terá vida fácil na rodada. Enfrentará o terceiro colocado, o Sesi-SP, que soma 18 pontos. A ordem do técnico Paulo Cocco é vencer para se reabilitar da derrota para o Minas. “Não podemos nem pensar em perder, pois, assim, daremos chance aos adversários para se aproximarem na classificação. Temos de manter a primeira posição.”

Tags: minas praia