Copa Libertadores

Loco Abreu entra, marca e Nacional busca empate com Barcelona no fim do jogo

Time uruguaio reagiu de forma dramática e ficou no 2 a 2 em casa na estreia

postado em 12/02/2013 22:36 / atualizado em 12/02/2013 21:58

AFP PHOTO/Pablo PORCIUNCULA

Na partida de abertura da fase de grupos da Copa Libertadores de América, nesta terça-feira, o Nacional conseguiu um empate heroico com o Barcelona-EQU. Loco Abreu, que trocou o Botafogo pela equipe uruguaia no início do ano, começou a partida no banco, entrou no segundo tempo para diminuir o placar, e ajudar a equipe a fazer 2 a 2, no estádio Centenário.

Iván Alonso marcou o gol de empate do Nacional, nos últimos minutos da partida. Damián Diáz e Ariel Nahuelpan foram os autores dos gols do Barcelona. A partida ainda ficou marcada por objetos arremessados das arquibancadas, confusão em campo e um jogador expulso de cada lado.

O Nacional volta a campo pelo Grupo 1 da Libertadores na próxima semana, contra o Toluca, no México. O Barcelona só joga em 27 de fevereiro, quando recebe o Boca Juniors, em Guaiaquil. Toluca e Boca se enfrentam nesta quarta, em La Bombonera.

Atual campeão equatoriano, o time de Guaiaquil começou com tudo e no primeiro tempo, abriu 2 a 0 de vantagem. Aos 17 minutos, Damián Diáz acertou um belo chute de fora da área e inaugurou a contagem no Centenário. Pouco tempo depois, foi a vez de Ariel Nahuelpan ampliar o placar finalizando sozinho de dentro da área.

No segundo tempo, o treinador Gustavo Diáz promoveu a entrada de Álvaro Recoba, Adrián Luna e Loco Abreu para buscar o resultado. Aos 23, o ex-jogador do Botafogo mostrou oportunismo para enganar a marcação em escanteio e, de cabeça, diminuir.

Enquanto a torcida do Nacional arremessava objetos em campo, os jogadores trocavam pontapés e esqueciam-se da bola. Após confusão, o Barcelona ficou com um homem a menos em campo, mas logo o Nacional devolveu o favor e teve um expulso. Perlaza, pelos equatorianos, e Lembo, pelos uruguaios, não terminaram a partida.

Sob clima quente, o Nacional conseguiu empatar nos últimos minutos de jogo, com seu artilheiro Iván Alonso, também marcando de cabeça.