Esporte na TV

ESPORTE NA TV

Federação de treinadores emite nota de repúdio a Mauro Cezar por 'perseguição' a Abel e Luxemburgo

Também em nota, ESPN Brasil defende jornalista e liberdade de expressão

postado em 14/08/2019 11:16 / atualizado em 14/08/2019 11:49

<i>(Foto: Reprodução)</i>

A Federação Brasileira de Treinadores de Futebol (FBTF) emitiu nota de repúdio contra o comentarista Mauro Cezar Pereira, da ESPN Brasil. A federação alega que perseguição do jornalista aos treinadores Abel Braga, atualmente sem clube, e Vanderlei Luxemburgo, do Vasco

“O jornalista Mauro Cezar, que já reúne em sua bagagem muitas polêmicas, faz uso da audiência dos seus contratantes e excede o limite do razoável, atacando a honra de profissionais do esporte, os colocando quase em posição de algozes. Dada a perseguição feita contra os treinadores Abel Braga, no período em que dirigiu o Flamengo, e Vanderlei Luxemburgo (atual treinador do CR Vasco da Gama), o jornalista confunde e mistura de forma proposital, pejorativa e maldosa, a vida pessoal do treinador de futebol com a de cidadão”, diz a nota da FBTF. 

Em resposta, Mauro Cezar compartilhou um trecho de uma entrevista dada ao site Lance! “Jamais fiz ou farei ataques pessoais, eu critico e elogio o desempenho profissional, o que faz parte do trabalho. E não entro no confronto de baixo nível com quem tenta te atrair para a luta com o intuito de transferir o combate para a lama, onde determinados personagens sentem-se mais à vontade”. 

Em apoio ao jornalista, a ESPN Brasil também emitiu nota e defendeu a liberdade de expressão dos comentaristas. “Reconhecida pela credibilidade e independência de seu jornalismo, a ESPN Brasil respeita e defende a livre opinião de seus profissionais que possuem total liberdade para a realização de análises e comentários relacionados ao universo esportivo”, diz o comunicado da emissora. 

Tags: mauro cezar nota de repudio