MMA

UFC FIGHT NIGHT 56

Em luta dura, Ju Thai bate Nina Ansaroff em Uberlândia e conquista primeira vitória no UFC

Com apoio da torcida, mineira mantém escrita de sempre vencer quando luta em casa

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 09/11/2014 02:15 / atualizado em 09/11/2014 05:43

Alexandre Loureiro/Inovafoto

José Cândido Junior
Enviado especial a Uberlândia


A mineira Juliana Lima conseguiu a primeira vitória no Ultimate Fighting Championship. Com apoio total da torcida no Ginásio Sabiazinho, em Uberlândia, Ju Thai teve duelo bastante equilibrado contra a americana Nina Ansaroff, mas conseguiu o resultado positivo por decisão unânime dos juízes (triplo 29 a 28), na abertura do card principal do UFC Fight Night 56, já na madrugada deste domingo.

Com o resultado, Ju Thai se recupera na categoria peso palha do UFC – perdeu a luta de estreia contra a polonesa Joanna Jedrzejczyk – e chega ao sétimo triunfo na carreira, todos conquistados em solo mineiro, curiosamente. A lutadora de BH explicou a tática para superar Ansaroff e, oriunda do muay thai, revelou que a paixão por novas modalidades a ajudou na vitória.

{'id_site': 1, 'imagem_destaque': 'ns1/app/foto_126510467054/2014/11/08/6147/20141108235007371731a.jpg', 'id_content': 2974940L, 'url': 'https://www.superesportes.com.br/app/1,736/2014/11/08/galeria_mma,6147/imagens-do-ufc-fight-night-56-em-uberlandia.shtml', 'titulo_destaque': 'Imagens do UFC Fight Night 56, em Uberl\xe2ndia', 'id_pk': 6147L, 'id_conteudo': 2974940L, 'id_aplicativo': 11, 'meta_type': 'foto', 'titulo': 'Imagens do UFC Fight Night 56, em Uberl\xe2ndia', 'id_treeapp': 736, 'descricao_destaque': 'Fotos das lutas e bastidores do primeiro UFC na cidade mineira', 'schema': 'foto_126510467054'}

“Desde o primeiro round, eu vi que ganhei. No segundo também fui superior. Eu queria ir para a trocação, mas ela deu brecha para derrubar. Vim do muay thai, mas sou apaixonada pelo wrestling, pelo jiu-jítsu e agora quero minha faixa marrom", declarou Juliana Lima, bastante aplaudida pelo público.

Estreante no UFC, Nina Ansaroff perde a invencibilidade de cinco lutas. A norte-americana, que contou com a presença da lutadora brasileira Amanda Nunes no córner, agora soma seis triunfos e quatro reveses no cartel.

A luta - Ju Thai partiu para a trocação no início do primeiro round, mas Ansaroff conseguiu contê-la no clinche. A mineira foi mais efetiva, buscou a luta, teve agressividade nos golpes, mas acabou travada na guarda da adversária. As lutadoras não conseguiram sair da grade, e o combate permaneceu sem ação. No segundo assalto, a norte-americana tentou se impor no octógono, acertou fortes chutes rodados e também incomodou com ‘low kicks’. Juliana insistiu em levar a rival para o chão e arriscou uma chave de calcanhar, mas sem êxito.

A luta continuou arrastada no terceiro e último round. . A americana tomou mais iniciativa na luta em pé e conectou golpes no clinche. Já Juliana deu sinais de cansaço e buscou a derrubadas para administrar o resultado. A mineira ainda utilizou bem o muay thai, acertou joelhadas e chutes no corpo da oponente até o estouro do cronômetro. No resultado oficial, melhor para a lutadora da casa: vitória por 29 a 28.

Tags: ufc ufc Nina Ansaroff Juliana Lima Ju Thai UFC no Sabiazinho UFC em Uberlândia UFC Fight Night 56