Mais Esportes

FUTEBOL AMERICANO

Com público recorde no futebol americano, Arena Pernambuco assiste Espectros vencer Mariners

Time paraibano foi campeão da Superliga Nordeste de Futebol Americano

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 30/11/2014 20:32 / atualizado em 30/11/2014 21:36

Celso Ishigami /Diario de Pernambuco

Paulo Paiva/DP/D.A Press
Foram oito anos desde aqueles primeiros arremessos entre amigos, na areia da praia de Boa Viagem, e a final da Superliga Nordeste de Futebol Americano, disputada neste domingo. Neste período, o Recife Mariners deixou de ser um sonho coletivo para se transformar num fenômeno capaz de reunir 7.056 torcedores na moderna Arena Pernambuco. Um recorde em eventos da modalidade no Brasil, e que começa a cair no gosto do público pernambucano. Assim, por mais que o título tenha voltado para João Pessoa, com o bicampeonato dos Espectros, fica a sensação de que todos os envolvidos deixaram o estádio como vitoriosos.

A inédita vitória dos Mariners sobre seu maior rival, na última rodada da primeira fase, alimentou a expectativa de que os pernambucanos poderiam quebrar a hegemonia dos paraibanos no Nordeste. Entretanto, já em sua primeira campanha, os Espectros mostraram que estavam sedentos pelo troco. O touchdown aumentou a pressão sobre os donos da casa, que depositaram a confiança nas mãos do quarterback norte-ameriano Drew Banks.

Empurrados pela torcida, os Mariners tentaram diminuir a vantagem adversária, mas viram os paraibanos ampliarem sua frente campanha a campanha. Entretanto, quando faltavam dois segundos para o fim do primeiro tempo, os recifenses marcaram seu primeiro touchdown indo para o vestiário com um 17 a 10 no placar. A expectativa era de que a injeção de confiança pudesse mudar o cenário na etapa final.

Como era de se esperar, a partida reiniciou de maneira nervosa, com os dois times cometendo muitos erros ofensivos. Mas foi o João Pessoa quem se saiu melhor, recuperando a posse de bola após quatro fumbles. Além disso, interceptado duas vezes, Drew Banks viu a vantagem de uma posse ser ampliada para um irreversível 38 a 12 restando cerca de seis minutos para o final da partida. Placar que se manteve inalterado até o fim.

Com o resultado, os Espectros conquistaram não apenas o título da Superliga Nordeste, como também o direito de representar a região no Brasil Bowl, que será disputado 14 de dezembro, no Couto Pereira. O time de João Pessoa reeditará a final do ano passado, tentando a revanche contra o Coritiba Crocodiles, vencedor da divisão Centro-Sul.
{'id_site': 18, 'imagem_destaque': 'ns18/app/foto_12711703576/2014/11/30/1007/20141130213222243695a.JPG', 'id_content': 2998124L, 'url': 'https://www.superesportes.com.br/app/18,11/2014/11/30/galeria_maisesportes,1007/fotos-recife-mariners-12-x-38-joao-pessoa-espectros.shtml', 'titulo_destaque': 'Fotos: Recife Mariners 12 x 38 Jo\xe3o Pessoa Espectros', 'id_pk': 1007L, 'id_conteudo': 2998124L, 'id_aplicativo': 7, 'meta_type': 'foto', 'titulo': 'Fotos: Recife Mariners 12 x 38 Jo\xe3o Pessoa Espectros', 'id_treeapp': 11, 'descricao_destaque': 'Jogo disputado na Arena Pernambuco teve recorde de p\xfablico da modalidade: 7.056 espectadores presentes', 'schema': 'foto_12711703576'}